05/09/2018

O stories de Bruna Marquezine e sua "magreza"

Olá minha gente, tudo bom? Hoje eu vim falar de um assunto mais atípico aqui no blog. Eu não era seguidora da Bruna Marquezine no instagram, mas depois de ver em vários lugares sobre seu suposto desabafo, resolvi ir ver o que aconteceu.



No stories (ainda disponíveis, mas caso você não encontre, com certeza pesquisando sobre no YouTube você vai achar rapidamente) ela comenta sobre pessoas que enviam mensagens falando sobre como sua magreza é extrema, ou como ela pode ficar doente com isso e coisas do gênero. E eu não poderia estar mais grata por duas coisas: isso não ter afetado ela hoje diretamente e ela ter falado sobre esse assunto tão importante.

Nos vídeos ela comenta sobre como as pessoas recebem mal seu estado atual, como dizem que está magra, doente ou esquisita. Ela diz sobre como está maravilhosamente saudável e o mais importante: sobre como ninguém tem o direito de dar pitaco sobre esse e qualquer outro assunto.

Comenta também que sofreu com depressão e transtorno de imagem e que hoje está muito bem obrigada.

Acontece que muita gente recebeu mal. Disse que ela está errada, que é uma pessoa publica e tem que aceitar. Que tem que saber receber críticas e NÃO APENAS PAREM.
Faz tempo que, infelizmente, as redes sociais viraram o palanque da massa. As pessoas podem simplesmente dizer o que quiserem, a hora que quiserem e achar que está tudo ok. O maior problema disso tudo é que a internet é maravilhosa e péssima ao mesmo tempo: todos acham que podem sair falando do outro e que todos são obrigados a "respeitar sua opinião". Acontece que sua liberdade termina onde a do outro começa. Ódio disfarçado de opinião.
Se você acha mesmo que ela está no padrão errado, fique quieto e siga você o padrão que acha certo, ao menos vai estar prejudicando apenas uma pessoa. Uma pena.

Obrigada a Bruna, por ter falado de um assunto tão importante. Comentários de redes sociais e até mesmo no dia a dia, ao vivo, fazem pessoas que não tem algum suporte, ou que não acham que precisam por não ter acesso ao conhecimento, ficarem cada vez mais doentes. Se sentem mal, se alimentam mal, não passam o dia bem, sempre acham que a vida está totalmente uma droga l. E sim, seu comentário "APENAS minha opinião, aceita" pode fazer ela piorar, pode até fazer uma pessoa tirar a própria vida, como acontece todos os dias mas ninguém quer ver.

Claro que a grande maioria vai receber isso mal, mas creio que isso vai fazer as pessoas pensarem. Que ao menos toque uma pessoa, é importante alguém que atinge tanta gente em redes sociais tenha tirado um tempinho pra falar de um assunto tão importante.

Todo esse desabafo pra dizer que comentários maldosos disfarçados de opinião machucam sim para quem não está plenamente bem! Sei disso porque até hoje não me sinto bem com meu corpo devido a eles. Isso desencadeia diversos problemas, sejam eles psicológicos ou alimentares. Então, por favor, como disse a Bruna, o "outro" só fica quieto.

Cuide de você, aprenda a se escutar, se cuidar e se amar. Você vai saber da sensação maravilhosa de estar com você e fazer as coisas pela sua saúde física e mental.

Obrigada, Bruna.

Nenhum comentário

Postar um comentário