12/03/2015

Curso de Design Gráfico: Visão de uma Estudante

COF COF. tirando a poeira por aqui. tive alguns projetos na faculdade, dai não pude postar muito mas estou de volta!
Hoje vim falar exatamente sobre esse assunto. O curso de design visto pelo meus olhos, o que eu acho e espero do mercado de trabalho e etc..
Primeiramente gostaria de contar minha trajetória:
Assim que saí da escola entrei na faculdade de desenho industrial, hoje já nomeada como design pela Universidade São Judas Tadeu em São Paulo.
Fiz o primeiro ano, e por descuido, reprovei (não, eu não ficava em bares e afins) A faculdade sempre exigiu muito. Eu tinha aula todos os dias e nenhuma disciplina era online. Matérias práticas e teórica e todas ela muito intensas.
Chegado o ano das dp's eu as fiz e fui aprovada, porém não pude continuar na mesma universidade pois eu não estava mais conseguindo ($$$$$) sustenta-la.
Daí tranquei e depois de 6 meses entrei no tecnólogo de design na Universidade Cruzeiro do Sul, onde estou cursando atualmente no segundo semestre.




Curso de 4 anos ou 2?

Bom, nas universidades onde estudei os dois eram reconhecidos pelo MEC e isso é bom. Porém ainda hoje há muito preconceito com tecnólogos. Tem agencias que já impõem isso como requisito básico, a pessoa deve estar estudando ou ser formada em universidade com curso de no minimo 4 ano ''tradicional'' (e já vi vagas onde eles citam a frase ''em boa universidade'')
Acho tudo isso muito relativo. No curso de 4 anos eu tive toda a base de teoria. Cultura, história da arte, semiótica são algumas das coisas que você vai ouvir muito falar se escolher seguir essa área. E eu, entrei na faculdade a primeira vez totalmente crua, não sabia nada sobre isso, então foi ótimo para mim.
Já no Tecnólogo eu achei muito mais prático e objetivo de acordo com as necessidades do mercado atual. Já no primeiro projeto do semestre, tive que fazer um media kit, e coisas do gênero sabe? E todas aquelas matérias que eu tive teóricas presenciais então em plataforma online.

Curso com matérias de plataforma online são bons?
Eu tenho aula 3 dias na semana. Os demais dias são matérias online. Aulas em sala são práticas mas não deixam de ter sua parte em teoria, e as aulas online é todo o conteúdo base para você criar. então sempre vai haver algo como teoria das cores, produção gráfica, história da arte e o conteúdo eu achei tao bom quando o presencial. Aliás igual a ele. Porém todo mundo é meio preconceituoso com matérias online pois não tem um professor pra ficar no seu pé para estudar. No meu caso, sempre aproveitei toda a matéria. PDF, vídeo, material complementar, sempre que o fazia anotava tudo. e caso ocorram duvidas tem um fórum online e e-mail do professor que cuida da turma para tirar duvidas.


Conclusão
O curso de design atualmente é bem mal interpretado, porém para mim é a profissão do futuro. As mídias digitais estão cada vez mais fortes no mercado, e impondo que seja utilizada até pelos mais tradicionais. É se adaptar ou desistir.
Apesar também de não ser tão valorizada como um advogado por exemplo, está conquistando seu espaço no mercado. O que falta é gente que sabe e quer fazer. Não adianta somente fazer a faculdade e achar que é designer. Tem que ir atrás das novidades, se atualizar e gostar de novidades e novas ferramentas. Não pense que vai se tornar designer só porque sabe muito de teoria, ou sabe muito de software. Você precisa ser o equilíbrio dos dois e saber como e quando utilizar cada um.


Dica: Estude, explore e pesquise muito! Você vai ser muito mais valorizado se tiver noções sobre todas as vertentes do design, e claro vai agregar muito mais conhecimento na hora de você projetar para ir pelo caminho certo.


Então minha gente, essa é a minha visão sobre o curso. Alguma duvida? algo a acrescentar?

Beijos!


Nenhum comentário

Postar um comentário